TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Música

Após mais de 30 anos juntos a dupla Oswaldir & Carlos Magrão anunciam fim da parceria

28/08/2017

Um anúncio nas páginas pessoais do Facebook de Oswaldir & Carlos Magrão, no começo deste mês, surpreendeu os fãs ao anunciar a separação da dupla após 32 anos de sucesso.

Os nativistas, que apresentaram para as novas gerações uma das maiores músicas da história do cancioneiro gaúcho, Querência Amada, nos anos 1990, seguem seus caminhos a partir do começo de outubro. 

 

NOTA

Olá, amigos e amigas, queridos fãs. Hoje venho para anunciar que estarei deixando de fazer parte da dupla “Oswaldir e Carlos Magrão”. A partir de outubro de 2017, seguirei carreira solo. Um novo rumo, um novo caminho. Novos desafios, mas não menos sonhos.
Olhar para frente é também ser grato a tudo que me trouxe até aqui. Por 32 anos, ao lado do parceiro Oswaldir, formamos uma das duplas mais respeitáveis do Rio Grande do Sul. Agradeço a Deus por tê-lo colocado em meu caminho, que muito me ajudou no começo de tudo. Sua família foi minha também e a oportunidade que recebi fez de mim o que sou hoje.
Nos unimos em 1985, em Passo Fundo, no bar “Recanto Nativo”. De lá para cá, tantas pessoas nos completaram. Assim, também agradeço aos músicos e à equipe técnica que, junto conosco, escreveram esta história de sucesso. 
Aos milhares de fãs espalhados pelo Brasil, nenhuma palavra é tão grandiosa para expressar o tamanho da minha gratidão. Os fãs nos colocaram no “palco” mais bonito: naquele que pudemos tocar e cantar, para cada um, a sua canção preferida. Os momentos vivenciados junto aos fãs são marcas que jamais serão apagadas.
Meu muito obrigado também aos profissionais radialistas. Não deixarei morrer dentro de mim o dom e a alegria de seguir cantando as lindas músicas gaúcha e popular brasileira. Também a música cristã, que há alguns anos faz parte do meu repertório. 
Espero contar com o carinho e a compreensão dos amigos e fãs, que sempre nos acompanharam neste tempo. Desejo dar, como sempre dei, o melhor de mim para o desenvolvimento da música e da cultura brasileira, sem fronteiras para a arte feita com a alma.
“As pedras do caminho viram montanhas, quando perdemos a capacidade de sonhar” (Augusto Cury).
Abraços. Deus abençoe a todos.
Carlos Magrão.

O último show da dupla será no mês de setembro, em Passo Fundo. Oswaldir segue no nativismo, em parceria com o Grupo Quinteto Nativo, enquanto Magrão terá um projeto gospel, além da carreira solo no meio gaudério.

Fonte:Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo e ZH

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!