TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados


  • CLASSIFICADOS 22/06/2018



    EMPREGO



    - Tozzo Alimentos contrata: Representante Comercial autônomo com sede em Vacaria, para atuação na região, requisitos: Possuir Core, pessoa física, veiculo próprio. Int. contatos 54- 9 9992 4443 Sandro, ou
    coordenador550@tozzoalimentos.com.br.



     



    - LVM Acessórios contrata: Estofador para Caminhões com experiência, e vendedor com experiência em peças para caminhões. Int. Tratar pelo fone 3512 1317 Ou deixar currículo na loja.



     



    - Um homem se oferece para trabalhar como motorista, possui CNH categoria E, Curso de Mopp, cargas individuais, possui referencias e experiência com carga granel e viva. Int. Tratar pelo fone 9 9995 2311.



     



    - Um senhor conserta e reforma fornos elétricos e fogões a lenha e a gás á domicilio com limpeza de chaminés e canos de fogões orçamento gratuito. Int. Tratar pelo fone 9 8125 8495.



     



    IMÓVEIS



    - Vendem-se casas de dois quartos, em condomínio fechado, no bairro Jardim Toscano, valor R$ 130.000,00. Int. Tratar pelos fones 9 9713 4756 ou 3232 5838.



     



    - Aluga-se uma quitinete, sem garagem, próximo ao centro, para uma pessoa sozinha, que não fume e não tenha animais de estimação. Int. Tratar pelo fone 3232 8152.



     



    - Vende-se uma casa na Rua Marechal Deodoro nº 1369 bairro Altos da Glória ou troca-se por uma área de terra. Int. Tratar pelo fone 9 9213 6065.



     



    - Vende-se um terreno com 420m², bem localizado, aceita-se caminhão, carreta ou carro no negócio. Int. tratar pelo fone 9 9995 2311.



     



    - Vende-se uma casa para retirar do local, na Rua Manoel Silveira da Rosa, nº 490 bairro Jardim América. Int. Tratar pelo fone 9 9977 3146.



     



    - Procura-se para arrendar uma área de terra acima de 20hectares, para lavoura de grãos. Int. Tratar pelo fone whats 9 9644 1584.



     



    - Aluga-se uma casa nas proximidades do Centro, sem garage, para casal sem filhos e sem animais de estimação. Int. Tratar pelo fone 3232 6340.



     



    - Procura-se casa para alugar nas proximidades do Bairro Glória, com valor Maximo de até R$ 400,00. Int. Tratar pelo fone 9 9644 9208.



     



    - Arrenda-se uma área de lavoura, com pastagem para gado. Int. Tratar pelo fone 3232 6340.



     



    - Vende-se terreno na Rua Teodoro Marchiniak, bairro imperial. Int. Tratar pelos fones 9 9611 0087 ou 9 9676 3651.



     



    - Aluga-se casa de preferência para casal, casal de aposentados , ou senhora sozinha, sem animais de estimação, no bairro Lomba Chata. Int. Tratar pelo fone 9 9131 9248.



     



    ANIMAIS



    - Vendem-se filhotes de Fox Paulista, puro sangue, uma fêmea e dois machos. Int. Tratar pelo fone 9 9977 5715.



     



    - Vendem-se filhotes de Shih Tzu fêmea, Yorkshire machos, pinscher gatos persa e angorás. Int. Tratar pelo fone 3232 7165.



     



    - Vende-se égua baia, encilhada e mansa, valor R$ 800,00. Int. Tratar pelo fone 9 9972 6327.



     



    - Vende-se 3 vacas e 3 terneiros. Int. Tratar pelo fone 9 9995 6592.



     



    VEICULOS



    - Vende-se trator modelo Valmet ID 60, com um debulhador de milho e um arado, valor R$ 15.000,00. Int. Tratar pelo fone 9 9698 2267 ou 9 8114 0238.



     



    - Vende-se Kombi ano 2013 e um Fox ao 2005, aceita-se troca. Int. Tratar pelo fone 9 9605 1787.



     



    DIVERSOS



    - Vende-se grande quantidade de palanques de eucalipto de 3 metros e arame galvanizado, seminovos, para pomares. Int. Tratar pelos fones 9 8143 5484 ou 9 9963 0154.



     



    - Vende-se lenha a partir de R$ 120,00 o metro entrega a domicilio e também em sacos precisa buscar. Int. Tratar pelos fones 9 9913 0169 ou 3231 1488 ou na Rua Alípio Ramiro Porto nº105 anexo ao mercado Girardi.



     



    - Vendem-se varas de eucalipto 3m, R$ 5,00 cada, e compensado usado para obra. Int. tratar pelo fone 3232 5616.



     



    - Vende-se lenha de eucalipto. Int. Tratar pelos fones 9 8448 4806 ou 3232 0385.



     



    - Foi perdida uma chave de TOYOTA, com dois controles. Quem encontrar entrar em contato pelo fone 9 8166 3054. Gratifica-se.



     



    - Um caminhão baú vai a Três palmeiras dia 24/06 e volta vazio passando por Passo Fundo e região. Quem tiver alguma coisa para trazer entrar em contato pelo fone 9 9933 5810.



     



    DOCUMENTOS



    - Foram perdidos documentos em nome de Dinara Salmoria Gomes. Quem encontrar entrar em contato pelos fones 9 8119 1826 ou 9 8149 1014.



     



    - Foram encontrados os documentos de:



    Ana Paula Pozzebon



    Anderson Araujo da Silva



    Antônio Carlos Gomes da Silva



    Carla Irema Weber



    Carla da Silva



    Charles Gabriel Pastorini



    Daniel Guaiter da Silva



    Eduardo Pereira Matheus



    Fabiane Beatriz Machado



    Fabiane Pereira Godinho



    Fabrício Aparecido Tetericz



    Helena Maria Ribeiro Silva



    Janete Terezinha Trevisan Invernizzi



    Marcos Pegoraro



    Maria Natalia da Costa



    Mateus Vieites de Jesus



    Taciana Santos Cesa



    Yan Pinter das Chagas



    Yuri Cauan da Silva Almeida



    Os mesmos devem retirar na Portaria da Rádio Esmeralda, em horário comercial.



     


Six Interfaces Figueiró Super Util

Educação

Base Nacional Comum define que crianças saibam ler e escrever aos sete anos

06/04/2017

As crianças, em todo o país, deverão ter acesso desde cedo a conteúdos de português e matemática. Até o 2º ano do ensino fundamental, geralmente aos 7 anos, os estudantes deverão ser capazes de ler e escrever. Além disso, aprenderão conteúdos de estatística e probabilidade. As definições estão na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), apresentada nesta quinta-feira pelo Ministério da Educação (MEC).

 

Na educação infantil, que vai até os cinco anos, a BNCC estabelece que seja desenvolvida a "oralidade e a escrita". O conteúdo começa a ser introduzido aos poucos. Até 1 ano e 6 meses, as creches deverão garantir, por exemplo, que as crianças reconheçam quando são chamadas pelo nome ou demonstrem interesse ao ouvir a leitura de poemas e a apresentação de músicas.

 

 

Aos 7 anos, no 2º ano do ensino fundamental, as escolas deverão garantir que os estudantes saibam escrever bilhetes e cartas, em meio impresso e digital - e-mail, mensagem em rede social. Devem também ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com nível adequado, silenciosamente e em voz alta.

 

A matemática também deverá estar presente na formação desde cedo. A partir dos 6 anos, no 1º ano do ensino fundamental, os estudantes terão acesso a conteúdos de probabilidade e estatística. Até o final do segundo ano, saberão, por exemplo, coletar, classificar e representar dados em tabelas simples e em gráficos de colunas, além de classificar eventos cotidianos como pouco ou muito prováveis, improváveis e impossíveis.

 

Implementação

 

A Base Nacional Comum Curricular deverá ser aplicada nas escolas públicas e particulares de todo o país. No setor público, deverá servir de base para a elaboração dos currículos estaduais, municipais e federal, que deverão definir como as habilidades serão implementadas em sala de aula.

 

Atualmente, nas escolas públicas, principalmente pelo Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic), o letramento em português e matemática deve ocorrer até o 3º ano do ensino fundamental, até os 8 anos. O Pnaic oferece, entre outros subsídios, material didático e formação aos professores. Agora, a intenção é que os conteúdos sejam antecipados.

 

"Estamos alinhando o Brasil a outros países e ao próprio setor privado do país. Não queremos que a criança da escola pública não tenha o mesmo direito hoje da criança de escola privada", disse a secretária executiva do Ministério da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro, que presidiu, nos últimos meses, o comitê responsável pela finalização da base.

 

Para a superintendente do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), Anna Helena Altenfelder, na versão final da BNCC, a alfabetização ganhou clareza na especificação dos objetivos e na progressão. "É preciso pensar na realidade concreta do país, onde muitas crianças não vêm de famílias letradas, não têm familiaridade (com a leitura e escrita). A escola efetivamente precisa desempenhar um papel importante. Todos os resultados mostram que não estamos conseguindo alfabetizar nossas crianças", seguiu. Anna integra também o Movimento pela Base Nacional Comum, grupo não governamental de profissionais da educação.

 

Em matemática, a decisão foi ampliar o conteúdo ensinado além das quatro operações básicas - soma, subtração, divisão e multiplicação. "Consideramos que é fundamental que o aluno desenvolva determinadas atitudes e competências na resolução de problemas, é importante que se sinta valorizado no que faz. Fundamental que compreenda o que faz e que se sinta seguro na capacidade de aprender matemática", explicou o redator de matemática da BNCC, Ruy César Pietropaolo.

 

Segundo ele, embora ensinar probabilidade e estatística mais cedo seja uma tendência já presente em alguns livros didáticos, em alguns estados o currículo prevê que esses conteúdos sejam trabalhados apenas no ensino médio. A BNCC deve, então, antecipar essa aprendizagem.

 

Próximos passos

 

A expectativa do MEC é que a Base Nacional Comum Curricular chegue às salas de aula efetivamente a partir de 2019. Isso porque é necessário um longo caminho para a implementação, que envolve a formação dos professores, aquisição de livros didáticos e mudanças nas avaliações nacionais feitas pela própria pasta.

 

O MEC entrega nesta quinta-feira a versão final da BNCC ao Conselho Nacional de Educação (CNE). Esse é um dos últimos passos para que a base passe a vigorar no país. Após análise, o CNE vai elaborar um parecer e um projeto de resolução e a BNCC volta para o MEC para homologação. Só depois passa a vigorar oficialmente. A partir da BNCC, estados e municípios devem elaborar os próprios currículos.

 

A base apresentada nesta quinta-feira refere-se ao ensino infantil e ao ensino fundamental. A parte relativa ao ensino médio ainda está em elaboração e deverá ser apresentada nos próximos meses.

 Foto: Mateus Bruxel / CP Memória

Fonte:http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/Ensino%20/2017/04/614449/Base-Nacional-Comum-define-que-criancas-saibam-ler-e-escrever-aos-7

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!