Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Política

Dilma: "Eu não vou renunciar e não vou ficar debaixo do tapete"

07/05/2016

Horas depois de a Comissão Especial do Impeachment no Senado aprovar relatório favorável ao prosseguimento do

processo, a presidente Dilma Rousseff afirmou que "estão condenando alguém que é inocente e que não há nada mais grave do que isso". "Eu sou a prova da injustiça", lamentou a petista, durante visita a obras do Projeto de Integração do São Francisco (PISF), na zona rural de Cabrobó, em Pernambuco.

"Eles sempre quiseram que eu renunciasse. Sabem por quê? Sabem o tapete? Você levanta ele e esconde a sujeira debaixo. Se eu renunciar, eu vou debaixo do tapete. Mas eu não vou, vou ficar aqui brigando", disse.

Nesta sexta-feira a comissão aprovou parecer do senador Antonio Anastasia(PMDB-MG) pela admissibilidade do processo de impeachment, por 15 votos a 5. A admissão do processo vai agora ao plenário do Senado. A expectativa é de que a peça seja lida na segunda-feira, com a votação pelos senadores na quarta-feira.

Em mais uma tentativa de trazer a opinião pública para o seu lado, a presidente aproveitou discurso em uma pequena cidade do interior de Pernambuco para reafirmar que o impeachment é golpe e ressaltar seus programas sociais. "Esse golpe tem um motivo. E o motivo é que o Brasil nesses 13 anos mudou: as pessoas ganharam autoestima e dignidade", falou, dando ênfase ao Bolsa Família, às universidades federais, à ascensão da classe média.

Foto: José Cruz / Agência Brasil / CP

Fonte:http://correiodopovo.com.br/Noticias/Politica/2016/05/586419/Dilma-Eu-nao-vou-renunciar-e-nao-vou-ficar-debaixo-do-tapete

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!