Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Região

Mais de 2 milhões de pessoas já foram vacinadas contra gripe no RS

07/05/2016

Balanço divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde nesta sexta-feira (6) mostra que mais de dois milhões de doses da vacina contra a gripe já foram aplicadas no Rio Grande do Sul desde 25 de abril, quando começou a campanha no estado. O período de mobilização segue até 20 de maio.

Esse número representa uma cobertura de 64% entre os grupos prioritários, diz a SES. A meta é atingir ao menos 80% até o término da ação.

Nos últimos dias, faltaram vacinas em diversos municípios. Conforme levantamento da Federação das Associações dos Municípios do RS (Famurs), ao menos 14 cidades registraram o problema. A Secretaria da Saúde recebeu 840 mil novas doses na quinta-feira (5), e já começou a distribuir às coordenadorias.

Conforme são reabastecidos, os municípios dão reinício à vacinação. Porto Alegre, por exemplo, retomou a imunização na tarde desta sexta. Há cidades que marcaram a retomada do serviço para segunda-feira (9), caso de São Leopoldo, no Vale do Sinos.

Com o reforço recebido do Ministério da Saúde, a SES diz que 92% do total de vacinas já foram entregues ao estado. O restante das doses tem previsão de entrega até a próxima sexta-feira (13).

Entre as 2.187.363 doses aplicadas até o momento, 553 mil foram destinadas a pessoas com doenças crônicas elegíveis para a campanha.

"A possibilidade de uma pessoa que integre os grupos de maior vulnerabilidade vir a óbito por gripe é seis vezes maior do que no restante da população", destacou o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo.

Fazem parte do grupo prioritário oessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas de cinco a 59 anos portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (apresentar comprovante), trabalhadores da área da saúde e povos indígenas.

Até o momento, são 177 casos confirmados de gripe no estado, com o registro de 36 mortes (35 por H1N1 e um caso ainda não subtipado). Os dados atualizados foram divulgados nesta sexta, em coletiva de imprensa. Além da gripe, a SES atualizou os números de zika, dengue e chikungunya.

Sobre o vírus da zika, o boletim informa que foram notificados 455 casos suspeitos. Destes, 26 foram confirmados, e 8 são autóctones, de pessoas residentes em Frederico Westphalen, Santa Maria, Ivoti, Rondinha, Novo Hamburgo e Porto Alegre.

Na capital gaúcha são três, sendo que os dois mais recentes foram informados nesta quinta. São dois homens que moram na mesma casa, na Zona Norte.

Os casos suspeitos de dengue chegam a 6.337. Desses, 1.213 foram confirmados. Entre os confirmados, 243 são casos importados (contraídos fora do estado) e 970 são autóctones (dentro do estado).

O Rio Grande do Sul ainda não apresenta casos autóctones de febre chikungunya. Neste ano, já foram notificados 286 casos de suspeitos, e 18 casos confirmados. Todos são importados, de moradores de Porto Alegre, Santa Maria, Estância Velha, Passo Fundo, Caxias do Sul, Cacique Doble, São Borja e Rio Grande, que viajaram para Bahia, Pernambuco, Minas Gerais e São Paulo.

Fonte:http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/05/mais-de-2-milhoes-de-pessoas-ja-foram-vacinadas-contra-gripe-no-rs.html

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!