Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Cinema

Mostra gratuita vai reunir produções do cinema russo

01/09/2015

A trajetória centenária da cinematografia russa vai ser celebrada com a Mostra de Cinema Russo “Mosfilm – 90 Anos”, de 8 a 17 de setembro, em Porto Alegre. No período, serão exibidos oito filmes que abrangem desde produções de diretores consagrados, como Sergei Eisenstein, a cineastas contemporâneos, como Karen Shakhnazarov. As sessões vão acontecer na Sala Norberto Lubisco da Casa de Cultura Mario Quintana (Andradas, 736), às 19h30min, com entrada gratuita.

O Mosfim é um estúdio de cinema, fundado em 1924 e que briga um acervo de mais de 2.500 filmes de diretores que ajudaram a criar a história do cinema mundial. Atualmente, a instituição é dirigida por Karen Shakhnazarov, cujo longa "Tigre Branco", de 2012, é o destaque da mostra. 

Confira a seleção de filmes:
8 de setembro (terça-feira):
Tigre Branco
Direção: Karen Shakhnazarov (2012). Shakhnazarov mescla filosofia e mistério nesta batalha entre o tanquista Naydenov e um "tanque fantasma" alemão, nos dias finais da Segunda Guerra Mundial. Recebeu indicação para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

9 de setembro (quarta-feira):
O Velho e o Novo
Direção: Sergei Eisenstein (1929). O mais aclamado dos cineastas soviéticos toma como pano de fundo a coletivização da agricultura para contar como a chegada de uma desnatadeira e um trator podem modificar antigos e tradicionais padrões de pensamento.

10 de setembro (quinta-feira):
Lenin em Outubro
Direção: Mikhail Romm (1938). Dez anos depois do "Outubro", de Eisenstein, onde o protagonista são as massas trabalhadoras, Romm aceita o desafio de individualizar e dar vida à figura de Lenin.

11 de setembro (sexta-feira):
Às Seis da Tarde Depois da Guerra
Direção: Ivan Pyriev (1944). Musical sobre a saga de dois amantes que, separados pela guerra, prometem reencontrar-se no Dia da Vitória. De 1929 a 1969, Pyriev dirigiu 18 filmes, entre os quais "Cartão do Partido" (1936), "Tratoristas" (1939), "Cossacos de Kuban" (1949).

12 de setembro (sábado)
Primavera
Direção: Griori Aleksandrov (1947). Quinta comédia musical estrelada por Liubov Orlova sob a direção de Aleksandrov, cineasta que assina com Eisenstein os roteiros de "A Greve" (1925), "Outubro" (1928), "Linha Geral" (1929), "Que Viva México" (1932). A história se passa nos primeiros anos da reconstrução da URSS, após a 2a. Guerra Mundial.

13 de setembro (domingo)
O Retorno de Vasili Bortnikov
Direção: Vselvolod Pudovkin (1952). Dado como desaparecido na guerra, Vasili Bortnikov regressa ao lar e encontra a mulher casada com outro. Último filme do lendário diretor dos clássicos "Mãe" (1926) e "Tempestade Sobre a Ásia" (1928).

15 de setembro (terça-feira)
O Fascismo de Todos os Dias
Direção: Mikhail Romm (1965). Narrado pelo próprio diretor, que pôs a alma nesse projeto repleto de inovações formais, "Fascismo de Todos os Dias" é, ainda hoje, considerado por muitos como o mais profundo, completo e impactante documentário produzido sobre o tema.

16 de setembro (quarta-feira)
A Mãe
Direção: Gleb Panfilov (1989). Egresso do VGIK, onde também se formaram Klimov, Tarkovsky, Chukhrai e outros expoentes da sua geração, Panfilov realiza, após Pudovkin (1926), Leonid Liukov (1941) e Mark Donskói (1956), a quarta filmagem do célebre romance de Maxim Gorki.

17 de setembro (quinta -feira):
Tigre Branco

 
Foto: Reprodução / CP
Fonte:http://correiodopovo.com.br/ArteAgenda/565515/Mostra-gratuita-vai-reunir-producoes-do-cinema-russo

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!