Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Geral

Pesquisa revela que em 10 anos, homicídios tiveram uma alta de 70% no RS

11/02/2016

Assassinatos saltaram de 1.418 para 2.405. Os 10 municípios com maior número de habitantes concentram 56% desses crimes.

Na contramão de Estados como Rio de Janeiro e São Paulo, que reduziram o número de assassinatos, o Rio Grande do Sul registrou aumento de 70% nos casos de homicídios dolosos (com intenção de matar) em uma década. Conforme dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP), foram pelo menos 2.405 mortes em 2015, contra 1.418 em 2006.

A violência é ainda mais grave nas 10 cidades com maior população do Estado, que concentram 4,1 milhões de habitantes e 56% das mortes intencionais. CanoasCaxias do SulGravataíNovo HamburgoPelotasPorto AlegreRio GrandeSanta MariaSão Leopoldo e Viamão somaram 1.345 homicídios em 2015 – alta de 107,8% na comparação com 2006 – e puxaram o índice para cima. No total de todos os demais municípios, ocorreram 1.060 assassinatos no ano passado. Em Pelotas, o dado é alarmante: em 10 anos, o crescimento foi de 519%. Especialistas em segurança pública e autoridades apontam a falta de efetivo das polícias, disputas entre traficantes de drogas e impunidade como principais fatores da explosão da violência.

“Estamos convivendo com uma guerra de gangues pelo comércio de entorpecentes, o que produz todo um ciclo de criminalidade. Além disso, há falta de efetivo da Brigada Militar, o que diminui sensivelmente a capacidade de agir” afirmou o coronel da reserva da corporação e especialista em Segurança Luiz Antônio Brenner Guimarães.

Fonte:Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!