Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Policial

Relatório: Inspetor da Polícia Civil de Vacaria divulga balanço anual da JARI

16/11/2011
Na manhã do feriado de 15 de novembro, no programa Comando Geral da Rádio Esmeralda, o inspetor de Polícia João Carlos Pinto de Abreu, o qual representa a Polícia Civil e o Conselho Municipal de Trânsito, como presidente da JARI (Junta Administrativa de Recursos de Infrações), divulgou o balanço anual da Junta de Recursos, apresentando os seguintes dados: No ano de 2009 foram julgados 321 processos, sendo 315 desprovidos e apenas 6 providos (1,86%); Já no exercício 2010 foram julgados 1078 processos, sendo 1039 desprovidos e 39 providos (3,61%) e no ano de 2011 até a presente data, já foram julgados 1103 recursos julgados, sendo 1079 desprovidos e 24 providos (2,17%). Pendente na JARI existe apenas 60 recursos aguardando julgamento, os quais serão analisados o mérito até o final deste ano. O inspetor Abreu, presidente da JARI, salienta que os desprovidos foram por diferentes ocorrências, o mais comum foi a falta de documentação, de embasamento legal e principalmente por falta da de existência de prova da alegação nas razões do recurso. O presidente da JARI lembrou ainda, que esta sendo alcançado a meta objetivada pelos membros da Junta de Recursos, que é a colocação dos recursos em dia, que graças ao comprometimento de todos os julgadores titulares ou suplentes será obtido o resultado esperado até o final de 2011. O policial acrescentou que todos os julgadores desempenham normalmente as suas atribuições nas instituições que representam, acrescentando na rotina de cada um, o trabalho de responsabilidade de julgar os recursos de trânsito. Os membros atuais da JARI, nomeados conforme Portaria do prefeito municipal Eloi Poltronieri, são os seguintes: representante do Poder Executivo Municipal, Daiane Marjorie de Moraes Santos, representante do Conselho Municipal de Trânsito e da Polícia Civil o inspetor de Polícia João Carlos Pinto de Abreu e como representantes dos Centros de Formação de Condutores, neste ano, Centro de Formação de Condutores Rizzon, a professora Carmen Lúcia Rizzon Vargas. Diego Pretto da Silva, atual administrador da Junta Administrativa de Recursos de Infrações de Vacaria, ressaltou da importância de que os recursos sejam acompanhados de toda a documentação necessária, sob pena de não ser analisado o mérito pelos julgadores, sendo as seguintes dicas: Razões do recurso, devidamente assinada e comprovada pela documentação; cópia da CNH, cópia do CRLV, procuração, quando for o caso, devidamente assinada e comprovada por documentação e cópia da notificação de imposição de penalidade. Na foto a esquerda o comunicador Miro santos, no centro o administrador da JARI, Diego Pretto e a direita o presidente da JARI, inspetor Abreu.
Fonte:Adelar Gonçalves/Rádio Esmeralda e inspetor Abreu

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!