Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados


  • CLASSIFICADOS 14/06/2019



    EMPREGO



    - Contrata-se operador de guincho munck com experiência. Int. Tratar pelo fone 9 9973 1708.



     



    - Empresa Frutini seleciona tratorista agrícola, com experiência de no mínimo um ano em atividades de aplicação de defensivos e pulverização de lavouras. Currículos para o e-mail
    recrutamento@frutini.com.br ou diretamente no escritório da empresa.



     



    - Um casal sem filhos se oferece para trabalhar em chácara ou fazenda, possui experiência e referencias. Int. Tratar pelos fones 9 9945 3433 ou 9 9914 1643.



     



    - Um senhor faz limpeza de caixa d’água, instalação hidráulica em geral, desentupimento canos, fossas, pias, ralos tanques e muito mais. Int. Tratar pelos fones 9 9959 2240 ou 9 9938 5435. Com Gilmar.



     



    - Um senhor se oferece para cuidar de uma casa ou sitio paga luz e água. Int. Tratar pelo fone 9 9936 9729.



     



    IMÓVEIS



    - Aluga-se apartamento no bairro Santa Terezinha, ótima localização, 3 quartos, dois banheiros, duas salas, ampla cozinha e área de serviço e garagem. Int. Tratar pelo fone 3231-1439 ou na Auto Peças Pelissari.



     



    - Vendem-se duas casas na Avenida Samuel Guazzelli. Int. Tratar pelo fone 9 8448 9866.



     



    - Procura-se casa para alugar nas proximidades do bairro Petrópolis ou próximo ao monumento do ginete, valor de até R$ 500,00. Quem tiver para alugar entrar em contato pelo fone 9 9912 6581.



     



    - Vende-se um terreno no bairro Glória, próximo à escola. Int. Tratar pelos fones 3232 5028 ou 9 8438 5754.



     



    - Aluga-se uma sala e um apartamento ambos de 30m², na Rua Julio de Castilhos nº 306 próximo ao fórum. Int. Tratar pelo fone 9 9909 0742.



     



    - Vende-se sala comercial no bairro Samuel Guazzelli medindo 250 metros de área construída, aceita-se caminhão carreta ou área de campo próximo a cidade no negócio. Int. Tratar pelo fone 9 9635 0804.



     



    - Aluga-se um apartamento mobiliado com um quarto e garagem, no Centro. Int. Tratar pelo fone 9 9950 3006.



     



    - Aluga-se uma sobrado com cozinha e quarto grande mais banheiro. Para casal ou senhora sozinha sem filhos e sem animais de estimação. Int. Tratar pelo fone 3232 4079.



     



    ANIMAIS



    - Vende-se filhote de pinscher, Shih Tzu, Bulldog Frances, gatos angorá e persa. Int. Tratar pelos fones 3232 7165 ou 9 9915 7169.



     



    - Desapareceu nas proximidades do bairro Imperial um cachorro da raça Pit Bull filhote de pelagem marrom atende pelo nome Hulk é de uma criança. Informações pelos fones 9 9609 1031 ou 3231 1151. Falar com Morgana. Gratifica-se Muito bem.



     



    VEICULOS



    - Vende-se caminhonete Diesel Toyota Hilux SW4 D, 4x4, 3.0, ano 1999, cor preta. Int. Tratar pelo fone 9 9611 0087 falar com Fabiani.



     



    - Vende-se um caminhão 11 11 para desmanche está batido, motor 15 13. Int. Tratar pelo fone 9 9991 9859.



     



    - Vende-se parati ano 94. Int. Tratar pelo fone 9 9600 4528.



     



    DOCUMENTOS



    - Foram encontrados os documentos de:



    Adair Silva



    Ailton Ferreira Cabral



    Ana Cláudia Vedana



    Joel Stoll



    Leonardo L Teixeira



    Lucas Maciel Boaventura



    Renata Aparecida Borges da Silva



    Vitoria Carvalho Santos



    Os mesmos devem retirar na Portaria da Rádio Esmeralda, em horário comercial.



     


Six Interfaces Figueiró Super Util

Região

Rio Grande do Sul registra 35 mortes pelo vírus H1N1 em 2016

07/05/2016

O boletim semanal que informa dados sobre dengue, zika, chikungunya e gripe no Rio Grande do Sul, atualizado pela Secretaria Estadual da Saúde, foi divulgado nesta sexta-feira (6). Os novos dados apontam para aumento de mortes pelo vírus H1N1, chegando a 35. No total, são 36 óbitos por gripe, mas uma delas ainda não teve o subtipo especificado.

Na semana passada, o relatório mostrava 23 mortes por H1N1. Os casos notificados de Influenza em 2016 subiram para 177, sendo que 169 são de H1N1. A 18ª semana epidemiológica vai de 1º de maio até o dia 7.

Depois de a SES anunciar a chegada de 840 mil novas doses de vacina contra a gripe, as cidades gaúchas que estavam sem vacinação voltaram a ser reabastecidas e a retomar a imunização. Em Porto Alegre, a Secretaria Municipal da Saúde informou que volta a aplicar doses na tarde desta quinta nos postos de saúde.

No relatório sobre dengue, foi confirmada a primeira morte. Trata-se de uma mulher moradora de Faxinalzinho, na Região Norte, que contraiu infecção no município de Chapecó, em Santa Catarina, e morreu no dia 23 de abril. Ou seja, o caso é importado.

Os casos suspeitos de dengue chegam a 6.337. Desses, 1.213 foram confirmados. Entre os confirmados, 243 são casos importados (contraídos fora do estado) e 970 são autóctones (dentro).

Sobre o vírus da zika, o boletim informa que foram notificados 455 casos suspeitos. Destes, 26 foram confirmados, e 8 são autóctones, de pessoas residentes em Frederico Westphalen, Santa Maria, Ivoti, Rondinha, Novo Hamburgo e Porto Alegre - na capital gaúcha são três, sendo que os dois mais recentes foram informados nesta quinta. São dois homens que moram na mesma casa, na Zona Norte.

O Rio Grande do Sul ainda não apresenta casos autóctones de febre chikungunya. Neste ano, já foram notificados 286 casos de suspeitos, e 18 casos confirmados. Todos são importados, de moradores de Porto Alegre, Santa Maria, Estância Velha, Passo Fundo, Caxias do Sul, Cacique Doble, São Borja e Rio Grande, que viajaram para Bahia, Pernambuco, Minas Gerais e São Paulo.

A Secretaria ds Saúde destaca a importância de os moradores dos bairros onde houve confirmação de casos autóctones, seja de dengue, seja de zika, adotarem medidas de proteção individual, como uso de repelente corporal e de roupas com pernas e mangas compridas, uso de repelentes elétricos, para colocação em tomadas, uso de telas em janelas, além de aumentar os cuidados com a eliminação de criadouros de mosquitos em residências, seja áreas internas, seja externas.

Fonte:http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/05/rio-grande-do-sul-registra-35-mortes-pelo-virus-h1n1-em-2016.html

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!