TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Região

Buracos, pedras no meio da estrada e caminhões pesados deixam a Serra da Rocinha cada vez pior

10/10/2014
Ontem, quinta-feira, dia 09, a reportagem da Rádio Esmeralda percorreu a distância de Vacaria até as cidades de Timbé e Turvo no vizinho Estado de Santa Catarina, e pode constatar as péssimas condições de trafegabilidade, principalmente do trecho entre São José dos Ausentes até o descer da Serra da Rocinha que está cada vez pior com pedras soltas no meio da estrada, buracos e até a formação de pequenas “elevadas que parecem quebra-molas” formados por canos que são colocados para escorrer a água que vem dos paredões de pedra da serra. Além disso, também existe o perigo de veículos pequenos encontrarem ao longo do caminho, em especial nas diversas curvas que tem a serra, ônibus que fazem o transporte interestadual de Bom Jesus-RS a Araranguá-SC, caminhões, carretas e até bitrens carregados de tóras, tanto na descida como na subida da serra, o que torna o lugar ainda mais perigoso. Conforme mostra a placa, o inicio da obra de implantação e pavimentação da continuação da BR-285 do trecho RS/SC, foi no dia 07 de dezembro de 2001 e o término estava marcado para o dia 12 de maio deste ano. Porém a obra que tem um custo de R$ 41.133.675,18 está totalmente parada e ao longo do trecho que a reportagem percorreu, não encontrou nenhum responsável pela empresa Sultepa S.A e nem da empresa Enecon S.A responsáveis pela referida obra para que explicassem o motivo da paralisação da mesma. Encontramos na terceira ou quarta curva após o mirante na divisa dos dois estados, homens trabalhando removendo terras de um dos barrancos da serra, porém nos veículos que estavam utilizando para tal obra, não tinha nenhum emblema que confirmassem para quem trabalhavam. Vale lembrar também, que apesar de tudo isso, muita gente ainda utiliza a Serra da Rocinha para se dirigirem até as praias catarinenses até mesmo devido ao visual das belezas naturais que a serra oferece. Um dos caminhos alternativos é pelo município de Bom Jesus pela BR – 110, passando por Jaquirana, chegando a Lageado Grande na Rota do Sol e posteriormente até Terra de Areia e a BR – 101, mas ai o percurso aumenta cerca de 110kms, e só tem um pequeno desvio no município de Jaquirana, mas que está totalmente transitável.
Fonte:Adelar Gonçalves/Juliano Nunes/Dep. Jornalismo

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Galeria

Comente este post!