Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Geral

Gerente de loja de Passo Fundo está entre as vítimas do acidente em SC

11/01/2015
Um ônibus da empresa Reunidas que saiu de Passo Fundo, no norte do Rio Grande do Sul, com destino a Florianópolis, caiu em uma ribanceira na BR-282, na cidade de Alfredo Wagner, na Grande Florianópolis. O acidente aconteceu por volta das 3h30min deste domingo, no KM 109 daquela rodovia. Sete pessoas morreram no local, entre elas o motorista do ônibus, identificado como Marcos R. L. Machado, e uma criança. Outras duas vítimas morreram no Hospital Regional de São José. Outras duas vítimas já foram identificadas: a gerente de loja Rubiane de Castro Carvalho, de Passo Fundo, e Arlindo Birmam Rosa. Há uma suspeita de que entre as vítimas estaria também um motorista de outra empresa, que teria pegado carona no ônibus, prática comum entre as companhias. Os feridos foram levados aos hospitais Nossa Senhora das Graças, em Bom Retiro, Hospital de Alfredo Wagner, Hospital Regional de São Jose e Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, e há pessoas em estado grave. Ônibus começou viagem na Argentina O ônibus partiu de Posadas, na Argentina, às 11h de sábado. Era um carro extra, disponibilizado pela empresa para viabilizar que gaúchos usufruíssem da passagem comprada até Florianópolis. O veículo seguiu viagem atrás do que fazia a linha principal, que estava lotado. O ônibus, um veículo simples (um eixo traseiro e apenas um andar), estava praticamente vazio, segundo informou Vinícius Marins, advogado da empresa Reunidas. Os primeiros passageiros ingressaram em São Borja. A viagem prosseguiu até Passo Fundo, onde chegou às 21h30min de sábado e recebeu a maior parte dos passageiros. A queda aconteceu em uma ribanceira na BR-282, na cidade de Alfredo Wagner, na Grande Florianópolis. O acidente aconteceu por volta das 3h30min deste domingo, no km 109 da rodovia. A empresa Reunidas informou que está se mobilizando para prestar assistência às vítimas e familiares. A empresa ainda não tem informações sobre as causas do acidente e informa que a lista com os nomes dos passageiros e das vítimas não será divulgada. Para os familiares que buscam informações sobre o acidente, a empresa disponibiliza o telefone (49) 3561-5591. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Geral de Perícias (IGP) de Lages. Entre os feridos há informações de que alguns estão em estado grave. Em entrevista à uma rádio de Porto Alegre, um passageiro de Florianópolis que estava no ônibus relatou que sentiu o veículo descontrolado no momento do acidente. “Eu acordei poucos segundos antes do acidente, com os gritos das pessoas e minha mulher me chamando. Fui um dos primeiros a sair do ônibus e consegui tirar várias pessoas lá de dentro”, disse o passageiro. Ainda segundo o passageiro, aparentemente o ônibus estava em alta velocidade e houve uma troca de motoristas em Lages. Ele relata que estava usando cinto de segurança e que a maioria dos passageiros também usava o equipamento. O passageiro também relatou que o socorro chegou rapidamente, com ambulâncias de Lages e Florianópolis. A gerente fiscal Rubiane de Castro Carvalho, 30 anos, é uma das vítimas fatais já identificadas no acidente com um ônibus que saiu de Passo Fundo em direção a Florianópolis neste domingo. Rubiane trabalhava na rede de lojas gaúcha Grazziotin há seis anos e atuava como gerente fiscal. Rubiane viajava com a filha Rarayane, de 12 anos, para visitar familiares em Florianópolis. A menina foi encaminhada para o Hospital Regional de Florianópolis.
Fonte:Arcanjo e Guto Knerten/Agência RBS, Corpo de Bombeiros de SC e Face.

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Galeria

Comente este post!