TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Região

No Estado, 80 mil beneficiados ainda precisam renovar a senha para garantir benefício

05/12/2014
A menos de um mês para o fim do prazo, 80.106 segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda precisam fazer a prova de vida e a renovação de senha. Até 31 de dezembro, os segurados de aposentadoria, pensão ou auxílio do INSS precisam comparecer aos bancos pagadores de seu benefício para realizar a atualização. O procedimento é feito no banco pagador mediante apresentação de um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação e outros). Não é necessário ir até a Agência da Previdência Social. A renovação é obrigatória para todos os beneficiários do INSS que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, conta-poupança ou cartão magnético. Quem não fizer a substituição da senha no tempo previsto poderá ter seu pagamento interrompido a partir de 1º de janeiro. No começo de novembro, o Diário Gaúcho noticiou que 86 mil pessoas corriam o risco de perder o benefício. Os beneficiários que não puderem ir até as agências bancárias por motivos de doença ou dificuldades de locomoção, podem fazê-la por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS. É necessário que o procurador compareça a uma agência da Previdência Social e apresente procuração assinada, conforme modelo disponível na página da Previdência Social na internet ou registrada em cartório (se o beneficiário for não alfabetizado) e o atestado médico (emitido nos últimos 30 dias) que comprove a impossibilidade de locomoção do beneficiário ou atestado de vida emitido por autoridade consular (no caso de ausência por motivo de viagem/residência no Exterior), além dos documentos de identificação do beneficiário e do procurador.
Fonte:ClicRBS

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!