Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Saúde

Novembro Azul alerta sobre a necessidade do exame preventivo

21/11/2014
Campanha foi criada para incentivar a conscientização nos homens a respeito do câncer de próstata O câncer de próstata é o 2° tipo que mais mata os homens no Brasil, ficando atrás somente do câncer de pele não-melanoma. Para apoiar a conscientização no sexo masculino que o exame de prevenção é essencial, foi criada a campanha Novembro Azul. Frequentar o urologista anualmente após os 50 anos para fazer o exame é essencial para a descoberta precoce da doença, porém o preconceito e a divisão de opiniões ainda são grandes. Praticamente 50% dos homens brasileiros nunca foram ao urologista e a porcentagem resulta no número de quem tem a doença, a cada 6 homens, 1 possui câncer de próstata. - Os exames preventivos, como o nome diz, permitem a detecção precoce de doenças em uma fase em que seu tratamento é mais fácil e eficaz. O câncer não pode ser prevenido, mas há 90% de chances de cura quando é diagnosticado precocemente. A campanha Novembro Azul surge após Outubro Rosa, a campanha de conscientização ao combate do câncer de mama. - Entre as mulheres, o hábito de realizar exames preventivos já está mais arraigado. Novembro azul tem como objetivo conscientizar o sexo masculino de que sua saúde também deve ser priorizada. O foco deve ir além da próstata, abrangendo toda a chamada Saúde do Homem, com check-up clínico e urológico, focando-se em qualidade de vida e detecção precoce. Praticamente 50% dos homens brasileiros nunca foram ao urologista, sendo que realizar os exames periodicamente é a melhor maneira de prevenir a doença. A recomendação dos médicos é que homens a partir dos 50 anos façam o exame. É importante que os homens desenvolvam o hábito de prestar atenção no próprio organismo, em sintomas repentinos e alterações, de forma que ele possa procurar um especialista para tirar dúvidas, ser orientado e tratado.
Fonte:

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!