Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Policial

Operação Brasil Integrado em Vacaria teve a participação da Polícia Civil, Brigada Militar, Instituto Geral de Perícias, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Receita Federal e Receita Estadual

09/12/2014
Os resultados da Operação Brasil Integrado, ocorrida sexta-feira (5) em todo o país, foram divulgados nesta segunda – feira (8/12) pelo Ministério da Justiça. Foram presas 1.169 pessoas em flagrante ou em cumprimento de mandados, apreendidas 3 toneladas de drogas, 40 mil pés de maconha, 1.000 unidades de drogas sintéticas, R$ 128 mil, 4 mil euros, 275 armas de fogo e 6,7 mil munições. A operação também resultou na apreensão de 1.341 veículos com irregularidades e recuperação de 62 veículos roubados ou furtados. No total, agentes fizeram mais de 145 mil abordagens a pessoas e veículos. A operação marcou, pela primeira vez, a cooperação entre diversos agentes de segurança pública de todo o país. O foco era o combate ao crime organizado. Nesta edição da operação, o Rio Grande do Sul contou com um efetivo de 117 profissionais da Segurança Pública. As ações de segurança ocorreram nos municípios de Chuí, Uruguaiana, São Borja, Santana do Livramento, Aceguá, Nonoai, Santo Ângelo, Frederico Westphalen, Três Passos e Vacaria. Em Vacaria participaram a Polícia Civil, Brigada Militar, Instituto Geral de Perícias, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Receita Federal e Receita Estadual e contou com a Plataforma de Observação Elevada (POE) (foto em anexo). A plataforma de observação elevada faz a captura de imagens, em 360º, por uma torre equipada com câmeras e antenas de grande alcance, que transmite ao vivo diretamente para o comando da operação. A plataforma compõe um conjunto tecnológico visando proporcionar a precisão dos fatos e dando condições dos operadores da segurança pública poderem adotar medidas imediatas.
Fonte:Polícia Civil

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Galeria

Comente este post!