Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Geral

Comitê Gaúcho da ONU Mulheres lança Campanha Máscara Roxa na região dos Campos de Cima da Serra

25/08/2020

Nesta terça-feira, às 10h30, o Comitê fará o lançamento virtual da Campanha Máscara Roxa para as regiões dos Campos de Cima da Serra, Turismo da Serra e Nordeste Riograndense. Essa campanha permite às mulheres vítimas de violência doméstica denunciarem os agressores em farmácias neste período de pandemia.

As 36 cidades de abrangência das associações dos municípios dos Campos de Cima da Serra (AMUCSER), Turismo da Serra (AMSERRA) e Nordeste Riograndense (AMUNOR), no Rio Grande do Sul, recebem nesta terça-feira (25), às 10h30, o lançamento da Campanha Máscara Roxa, que permite às mulheres vítimas de violência doméstica denunciarem seus agressores em farmácias. A agenda é promovida pelo Comitê Gaúcho ElesPorElas, da ONU Mulheres.

O lançamento será virtual, em uma plataforma de videochamada para reuniões. Participam representantes de órgãos de segurança, governo do Estado, Poder Judiciário, Legislativo e movimentos de mulheres que ajudaram a construir a campanha. Ainda foram convidados proprietários de farmácias, lideranças locais e representações de instituições e da sociedade.

Como funciona a campanha

Lançada no dia 10 de junho no RS, a Campanha Máscara Roxa permite que mulheres vítimas de violência doméstica façam denúncias em farmácias. Ela começou com 600 farmácias, e já são mais de 1.400 unidades de seis redes envolvidas. Em sete dos dez municípios dos Campos de Cima da Serra há farmácias participantes.

Até o momento, 21 denúncias foram recebidas em farmácias de 18 municípios gaúchos: Venâncio Aires, Porto Alegre, Canoas, Gravataí, Novo Hamburgo, Charqueadas, Capão da Canoa, Casca, Bento Gonçalves, Pinhal, Rio Grande, Capão do Leão, Taquari, Carazinho, Santo Antônio da Patrulha, Santana da Boa Vista, Santa Maria e Três Passos.

Todas as farmácias com adesão estão com o selo “Farmácia Amiga das Mulheres” em suas vitrines e portas, que serve para que as vítimas as identifiquem. Os atendentes receberam capacitação online para o procedimento e para garantir a segurança da vítima. Ao chegar na farmácia a mulher deve pedir a máscara roxa, que é a senha para que o atendente saiba que se trata de um pedido de ajuda. O profissional dirá que o produto está em falta e pegará alguns dados para avisá-la quando chegar. Após, o atendente da farmácia passará à Polícia Civil as informações coletadas, via WhatsApp, para que o órgão tome as medidas necessárias. 

Com peças criadas pela Agência Moove, a campanha foi motivada pelo aumento de casos de feminicídios no estado durante o período de isolamento, decorrente da pandemia do coronavírus. Nos meses de março, abril e maio 28 mulheres foram assassinadas por questões de gênero, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Somente em abril, o aumento foi de 66,7% em relação ao mesmo mês do ano passado. Ao todo, de janeiro a junho deste ano, 51 mulheres morreram vítimas de feminicídio no estado, 166 registraram ocorrência de tentativa de feminicídio e 9.685 registraram ocorrência de agressão com lesão corporal. 

Dos dez municípios dos Campos de Cima da Serra, sete possuem Farmácias Amigas das Mulheres

- Bom Jesus: Associadas

- Campestre da Serra: Agafarma

- Esmeralda: Agafarma / Líder Farma

- Jaquirana: Associadas

- Pinhal da Serra: Líder Farma

- São José dos Ausentes: Associadas

- Vacaria: Associadas / Preço Mais Popular

 

 

Fonte:Assessoria de Comunicação Comitê Gaúcho ElesPorElas, ONU Mulheres Brasil

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!