Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Educação

Governo chamará 540 professores concursados e 370 emergenciais

02/03/2015

O governo do Estado anunciou na manhã desta segunda-feira a contratação de 540 professores concursados e mais 370 emergenciais, onde não houver banco de espera de concursados. A notícia foi comemorada pela direção do Cpers, mas o sindicato espera que outras três pautas solicitações sejam atendidas: o pagamento do Piso Salarial Nacional do Magistério, no Plano de Carreira (reajuste de 13,01% mais 34,67% que ficou do governo anterior), a garantia de um atendimento de qualidade pelo IPE e o fim do estorno do vale-refeição.

• Leia mais sobre o Cpers

“Essa é mais uma vitória do diálogo e da negociação, que sempre priorizamos. O governo recuou do decreto (do governo de corte de gastos) devido a nossa insistência em conversar e negociar. Vamos continuar apontando as necessidades da nossa categoria. Queremos, por exemplo, que as nomeações, tanto de professores, quanto de funcionários, tenham continuidade durante o decorrer do ano, e não apenas em casos emergenciais”, observou a presidente do Cpers, Helenir Aguiar Schürer.

"Está demanda (dos 910 que serão contratados) foi resultado de uma projeção feita pelas 30 coordenadorias regionais de Educação, baseada na carência efetiva de profissionais verificada em algumas escolas. Todos estes números estão sendo criteriosamente verificados, coordenadoria por coordenadoria, porque a crise financeira do Estado, como todos sabem, é real, e nós só faremos chamamentos, nomeações e contratações onde realmente estes profissionais forem necessários e imprescindíveis. A preocupação do governo é que não faltem professores em sala de aula", explicou o secretário da Educação, Vieira da Cunha.

Durante a reunião, Helenir solicitou esclarecimentos ao governo quanto ao pagamento dos professores que foram exonerados no final de 2014. Vieira garantiu que todos os direitos estão sendo pagos e que, neste mês, terão continuidade.

Outra importante conquista, segundo o sindicato, foi a confirmação de que a efetivação do Programa Pro-Funcionário começará a ser discutida na terça-feira. “Faremos a primeira reunião com representantes do MEC e da Seduc para avançarmos nessa importante pauta para os funcionários de escola. Só através da capacitação do Pro-Funcionário eles poderão reivindicar um Piso Salarial Nacional”, destacou a presidente do Cpers.

O sindicato solicitou que nesta semana o governo do Estado entregue, por escrito, as pautas que avançaram e que ainda estão aguardando resposta. “Cientes da nossa responsabilidade com a categoria, nos manteremos atentos quanto à efetivação das nossas solicitações. Buscaremos sempre o merecido reconhecimento e a valorização dos nossos professores e funcionários de escola”, afirmou Helenir.

Fonte:http://correiodopovo.com.br/Noticias/550295/Governo-anuncia-a-contratacao-de-540-professores-e-370-emergenciais

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!