Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Policial

Polícia Civil fiscaliza o cumprimento das medidas adotadas no combate ao coronavírus

03/04/2020
A Polícia Civil de Vacaria em apoio ao município realizou fiscalização das medidas restritivas determinadas por decreto estadual e municipal que visam reduzir a propagação do novo coronavírus.
 
 Os policiais estão indo às ruas para auxiliar servidores da Fiscalizacão, da Guarda Municipal, da Brigada Militar e da Policia Rodoviária Federal, que fazem parte do GGI (Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública de  Vacaria) para garantir o cumprimento das determinações e orientar sobre os riscos da pandemia da Covid-19.
 
O objetivo principal é dispersar aglomerações de pessoas a partir do diálogo nas abordagens feitas pela polícia civil, que têm feito  equipes volantes na cidade, além de realizar fiscalizações permanentes ao comércio, orientando sobre a ordem de fechamento para os estabelecimentos que não prestem serviços essenciais.
 
Viaturas já circularam pelas ruas com megafone, repassando a mensagem de conscientização à população para que evite sair de casa e proprietários de bares alertados sobre o decreto de fechamento.
 
Na noite dessa quinta-feira, 02/04, a Polícia Civil juntamente com a Guarda Municipal, Brigada Militar e a Fiscalizacão Municipal verificaram 11 denuncias de descumprimento dos decretos, sendo que 02 foram flagrados o funcionamento escondido, um com frequentadores idosos, que fazem parte do grupo de risco e outro funcionando veladamente aos fundos do ponto comercial com aglomeracão de pessoas jogando cartas, onde uma pessoa ainda ofendeu os agentes público, não aceitando a medida preventiva, o qual foi conduzido ao plantão policial por desacato.
 
A orientação é a medida inicial em todos os casos, mas a negativa ao atendimento das determinações nos decretos estaduais e municipal resultará em autuação criminal. 
 
Nos casos que infringirem a proibição de realizar eventos e reuniões com aglomeracão de pessoas  são passíveis de penalização pelo artigo 268 do Código Penal – infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa –, com pena de detenção, de um mês a um ano, e multa.
 
Foto: Herbert Hasse Jr
Fonte:Polícia Civil de Vacaria

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!