Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados

Six Interfaces Figueiró Super Util

Região

Serra da Rocinha será liberada ao trânsito durante recesso das obras

04/12/2019

A via poderá ser acessada em qualquer horário no período

A Serra da Rocinha será liberada ao trânsito de veículos leves (automóveis e motocicletas) entre os dias 19 de dezembro e 05 de janeiro, período de férias coletivas do consórcio responsável pelas obras de implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC no Lote 2, em Timbé do Sul (SC).

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) salienta que haverá tráfego em meia pista nos segmentos onde foi iniciada a pavimentação, reforçando a necessidade de atenção e respeito às orientações de segurança.

A partir do dia 06, o trecho voltará a ser interditado com possibilidade de passagem duas vezes por semana para usuários cadastrados.

Com a largura da plataforma da estrada reduzida, veículos de grande porte (caminhões e ônibus) não serão permitidos no trecho.

Durante o recesso das obras não será exigido o Termo de Responsabilidade, no entanto, é importante salientar que há fatores de risco associados às características topográficas e climáticas da região, incluindo a constante presença de neblina e chuvas fortes principalmente nos trechos onde foi iniciada a pavimentação.

Pavimento rígido em execução

No final de novembro foi iniciada mais uma etapa da pavimentação da serra.

As placas de concreto de cimento Portland possuem 22 centímetros de espessura e são colocadas por cima da sub-base de concreto compactado a rolo (CCR) com o auxílio de uma pavimentadora - máquina que aplica o material e faz o nivelamento da pista - em faixas de 3,5 metros de largura.

A cada cinco metros, barras de transferência são posicionadas nas juntas transversais e longitudinais, permitindo a correta transferência dos esforços entre as placas de concreto e restringindo o empenamento.

O prazo para o material atingir a resistência de projeto é de 28 dias.

Com cerca de 70% das obras concluídas no lote catarinense, vale destacar ainda a conclusão de três dos quatro viadutos da serra, os quais têm a função de aperfeiçoar o traçado com a suavização das curvas mais fechadas.

Nos segmentos do Contorno e do trecho urbano de Timbé do Sul seguem em andamento as obras complementares (calçadas) e de sinalização viária.

Maiores informações podem ser obtidas através do telefone 0800 - 6021-285 para quem tiver dúvidas ou precisar de outras informações.

Fonte:Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo e Amanda Montagna STE

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Galeria

Comente este post!