Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados


  • CLASSIFICADOS 27/02/2020



    EMPREGO



    - Precisa-se de 20 pessoas para colheita da maçã por rendimento, pagamento quinzenal, livre de almoço. Int. Tratar pelo fone 9 9910 6997.



     



    - Precisa-se de pedreiros com experiência. Int. Tratar pelo fone 9 9647 1385.



     



    - Cunhados Peças contrata Vendedor interno: salário normativo mais comissões e Auxiliar de estoque: salário normativo. Int. encaminhar currículo para:
    atendimento@cunhadospecas.com.br



     



    - A NBN Sementes contrata um casal para trabalhar com jardinagem e limpeza da propriedade. A Fazenda oferece casa para moradia. Int. Devem ligar para Jaine no telefone 54 9 9911 9216.



     



    - Um senhor sozinho com 65 anos se oferece para trabalhar como caseiro em sitio, possui referencias. Int. Tratar pelo fone 9 9998 7259.



     



    - Um homem faz serviços de eletricista, encanador, consertos de maquinas de lavar roupas, micro-ondas e eletrodomésticos em geral, possui experiência de 25 anos. Int. Tratar pelos fones 9 9951 6999 ou 9 9982 9746.



     



    - Um rapaz se oferece para trabalhar em sitio, com gado ou maquinas agrícolas, possui experiência e referencia. Int. Tratar pelos fones 9 8413 0184 ou 9 8412 2680.



     



    - Empresa do ramo florestal se oferece para fazer trabalhos como roçados, plantios de arvores, podas e desbaste pré comerciais em pinus. Int. Tratar pelo fone 9 9906 9254.



     



    IMÓVEIS



    - Procura-se casa para alugar com 3 quartos, paga-se até R$ 600,00. Int. Tratar pelo fone 9 8422 8410.



     



    - Vende-se apartamento na Rua Inácia Vieira, no centro, próximo a bica com dois quartos, cozinha e área de serviço separadas. Int. Tratar pelo fone 9 9911 2730.



     



    - Aluga-se uma casa no bairro Vitoria de madeira com 5 peças ou vende-se . Int. Falar com Rafael pelos fones 9 9600 7569 ou 9 9638 7168.



     



    - Vende-se casa de alvenaria em construção na Rua Rui Barbosa nº 20 bairro São Francisco a 30 metros da Avenida Bampi, com contrato de compra e venda aceita-se carro. Int. Tratar pelo fone 9 9986 0361.



     



    - Aluga-se salas comerciais de vários tamanhos com ótima posição solar, interfones e banheiro, bem localizada na Rua Julio de Castilhos em cima da Kilojão no centro de Vacaria. Int. Tratar pelo fone 9 9974 1998.



     



    ANIMAIS



    - Vendem-se filhotes de linguiçinha puros. Int. Tratar pelos fones 9 9973 1771 ou 3231 2702.



     



    - Foi perdido entre a Capela da Luz e o posto do Baião um cachorro Dogo branco com pintas pretas. Informações pelo fone 9 9635 1768.



     



    - Desapareceu das proximidades do bairro São João uma vaca preta e dois terneiros Jersey vermelho. Informações pelo fone 9 9903 9399. Gratifica-se.



     



    VEICULOS



    - Vende-se caminhão Mercedes 11 13 truck ano 79 motor novo, entrega revisado, caixa e diferencial. Int. Tratar pelo fone 9 9962 0355 ou à noite a 9 9912 8216.



     



    DIVERSOS



    - Vende-se lenha a partir de R$ 120,00 o metro, entrega a domicilio. Int. Tratar pelos fones 9 9972 0168 ou 3231 1488.



     



    DOCUMENTOS



    - Foi perdido um RG em nome de Maria Lindinalva Nunes dos Santos Soares. Int. Tratar pelo fone 9 9192 1779. Gratifica-se.



     



    - Foram encontrados os documentos de:



    Amurábia Mirelly Araújo



    Bernardina A Freitas



    Carlos Vinícios Rocha de Souza



    José Carlos Costa de Freitas



    Luiz Carlos Alves Pereira



    Meiriélen de Mello Lopes



    Pedro H. Rosário de Almeida



    Sebastião L de A Santos



    Os mesmos devem retirar na Portaria da Rádio Esmeralda, em horário comercial.


Six Interfaces Figueiró Super Util

Cidade

Decreto Municipal limita despesas

10/10/2018

AMADEU DE ALMEIDA BOEIRA, Prefeito Municipal de Vacaria, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Lei Orgânica do Município, e

                   CONSIDERANDO o art. 22 e seus §§ da Lei Municipal Nº 4.082 de 28 de setembro de 2017, que Institui a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para a elaboração e execução da Lei Orçamentária Anual – LOA, do exercício de 2018;

                   CONSIDERANDO a previsão contida no art. 9º da Lei Complementar nº 101/2000, o qual preconiza providências de contingenciamento de despesas e limitação de empenhos e movimentação financeira, quando constatado que a realização da receita poderá não comportar o cumprimento das metas de resultado primário ou nominal estabelecidas no Anexo de Metas Fiscais;

                   CONSIDERANDO o incremento de despesas em patamares superiores aos estimados, a exigir compatibilização com a receita realizada;

 

                   DECRETA:
 

                   Art. 1º. A execução das despesas dos órgãos e entidades da Administração Municipal atendidas com recursos próprios do Tesouro Municipal observará:

                   I - redução das despesas para aquisição de equipamentos e material permanente, que não comprometam os serviços públicos municipais;

II - redução ao estritamente necessário para o regular funcionamento da gestão das despesas gerais de custeio e de manutenção de órgãos e repartições, notadamente as de energia elétrica, telefone, combustíveis, uso de veículos, material de consumo e de expediente;

 

III - reprogramação de metas dos investimentos ainda não iniciados;

IV - revisão de subvenções econômicas e auxílios financeiros;

V - redução e/ou revisão de contratos de compras, de fornecimentos, de prestação de serviços, de empreitadas, obras, e demais obrigações contratadas, de valor igual ou superior a R$ 17.600,00 (dezessete mil e seiscentos reais).

§ 1º.  Para os efeitos acima, fica autorizada a Secretaria Municipal de Gestão e Finanças, a tornar indisponíveis para empenho e movimentação financeira valores equivalentes a até 25% (vinte e cinco por cento) das dotações orçamentárias consignadas pelos Anexos da Lei Municipal  Nº 4.124/2017, forte na faculdade autorizada pelo art. 65, § 1º, da Lei nº 8.666/93 - Lei de Licitações e Contratos Administrativos.

§ 2º. As limitações impostas por este Decreto não alcançam as despesas decorrentes de obrigações constitucionais, salvo no que excederem, respectivamente, ao limite fixado pelo artigo 212 da Constituição Federal, na manutenção e desenvolvimento do ensino e respectivo limite de 25% (vinte e cinco por cento), e ao limite de 15% (quinze por cento) fixado pelo artigo 77 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, da Constituição Federal, em ações e serviços públicos de saúde.

 

Art. 2º. Ficam determinadas medidas adicionais de controle e redução de despesas, objetivando a limitação de empenho e movimentação financeira, a saber:

 

I - Suspensão temporária de quaisquer reajustamentos ou realinhamentos contratuais, decorrentes de contratos de prestação de serviços, compras, locação, fornecimentos, e obras. Eventuais reajustes somente poderão ser autorizados pelo Prefeito Municipal, condicionada a respectiva validade e eficácia à formalização de prévio termo aditivo contratual;

II - Todos os contratos de prestação de serviços, mensuráveis por unidades de medidas, pesos ou outro fator unitário, sofrerão redução de até 25% (vinte e cinco por cento) nos respectivos quantitativos, mediante formalização de termo aditivo contratual. Eventual índice de redução aquém do percentual acima fixado, deverá ser autorizado pelo Prefeito Municipal,  condicionada a respectiva validade e eficácia à formalização de prévio termo aditivo contratual;

III - Somente poderão ser acolhidos documentos fiscais - nota fiscal ou fatura - consignando reajustes ou revisões contratuais, após a celebração do correspondente termo aditivo contratual.

 

Art. 3º. Os empenhos globais e por estimativa, emitidos até esta data, deverão ser ajustados aos limites estabelecidos neste Decreto, através de anulações totais ou parciais.

 

Art. 4º. Até futura revisão das limitações determinadas pelo presente Decreto, e na conformidade com o art. 22 da Lei Complementar nº 101/2000, fica vedada a concessão de jornada extraordinária, de jornada em regime de plantão ou de sobreaviso, salvo para evitar grave lesão à ordem, à saúde, à segurança e à economia pública, mediante despacho fundamentado do Secretário de Secretaria ou Dirigente de Órgão, e prévia autorização do Prefeito Municipal.

 

Art. 5º. São responsáveis pela implementação das ações necessárias ao cumprimento deste Decreto todos os secretários do Município.

 

Parágrafo único. As unidades orçamentárias e administrativas adotarão as medidas e procedimentos, inclusive com relação aos contratos em vigor e às licitações em curso, necessários à adequação aos limites fixados neste Decreto.

 

Art. 6º. A Secretaria Municipal de Gestão e Finanças,  expedirá as instruções complementares que se fizerem necessárias ao cumprimento deste Decreto.

Art. 7º. Este Decreto entra em vigor a contar de 08 de outubro de 2018.

 

 

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE VACARIA,  05 de outubro de 2018.

 

 

 

 

AMADEU DE ALMEIDA BOEIRA

Prefeito Municipal

 

 

 

 

JORGE LUIS NEHME DE AZEVEDO

Secretário Municipal de Gestão e Finanças

Fonte:

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!