Rádio Esmeralda

TEL: (54) 3231.7800 | (54) 3231.2828 (PEDIDOS DE MÚSICAS) | (54) 9 8418.6298 (WHATSAPP)

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

classificados


  • CLASSIFICADOS 24/02/2020



    EMPREGO



    - Precisa-se de pessoas para trabalhar na colheita da maçã, com carteira assinada, pagamento quinzenal livre de almoço. Int. Tratar pelo fone 9 9928 9147.



     



    - Cunhados Peças contrata Vendedor interno: salário normativo mais comissões e Auxiliar de estoque: salário normativo. Int. encaminhar currículo para:
    atendimento@cunhadospecas.com.br



     



    - Contrata-se 15 pessoas para colheita da maçã pagamento mensal com adiantamento na quinzena, livre de almoço e transporte, preferência que resida nos bairros Municipal, COHAB, Porcínio, Imperial, Franciosi e Monte Claro. Int. Tratar pelo fone 9 9971 7724. Com José.



     



    - Transfatima seleciona: Motorista. Int. Comparecer na Av. Militar nº 5741 dias 24,26 e 27/02 das 9h às 11h com a seguinte documentação.carteira de trabalho, CPF, RG, Titulo de eleitor, certificado de reservista, comprovante de residência e CNH categoria D ou E, possuir experiência de no mínimo um ano em condução de veículos pesado comprovada em carteira.



     



    - Um casal se oferece para trabalhar em sitio, possui experiência com trator, gado e serviços gerais. Int. Tratar pelo fone 9 9652 9097.



     



    - Uma mulher se oferece para trabalhar como doméstica ou cuidadora de idosos, no turno do dia ou à noite, possui experiência e referencias. Int. Tratar pelo fone 9 9707 8138.



     



    IMÓVEIS



    - Vende-se casa de alvenaria em construção na Rua Rui Barbosa nº 20 bairro São Francisco a 30 metros da Avenida Bampi, com contrato de compra e venda aceita-se carro. Int. Tratar pelo fone 9 9986 0361.



     



    - Vende-se casa de madeira para retirar do local medindo 6x7. Int. Tratar pelos fones 9 8159 8689 ou 9 9683 8987.



     



    - Aluga-se casa com dois quartos, sala, cozinha e banheiro no Km4. Int. Tratar pelo fone 9 8104 8275.



     



    ANIMAIS



    - Vendem-se filhotes de linguiçinha puros. Int. Tratar pelos fones 9 9973 1771 ou 3231 2702.



     



    - Doam-se filhotes de gato. Int. Tratar pelo fone 9 9146 1772 ou na Avenida Militar nº 1930 com André.



     



    - Foi perdido entre a Capela da Luz e o posto do Baião um cachorro Dogo branco com pintas pretas. Informações pelo fone 9 9635 1768.



     



    DIVERSOS



    - Vende-se lenha a partir de R$ 120,00 o metro, entrega a domicilio. Int. Tratar pelos fones 9 9972 0168 ou 3231 1488.



     



    DOCUMENTOS



    - Foram encontrados os documentos de:



    Amurábia Mirelly Araújo



    Bernardina A Freitas



    Everton Luis Teixeira Passos



    Fredel Dorsainvil



    José Emanuel Faraon Kramer



    Marcio José de Jesus Carvalho



    Meiriélen de Mello Lopes



    Pedro H. Rosário de Almeida



    Sebastião L de A Santos



    Os mesmos devem retirar na Portaria da Rádio Esmeralda, em horário comercial.


Six Interfaces Figueiró Super Util

Geral

Vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul inicia dia 1º de maio

18/04/2016

A vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul deve iniciar memo no próximo dia 1º de maio. Nesta etapa, todos os bovinos e bubalinos precisam receber a dose. No total são quase 14 milhões de animais.

A Secretaria da Agricultura anunciou na última quarta-feira, que os produtores que possuem até 10 animais e estão enquadrados nos critérios do Pronaf e PecFam receberão doses gratuitas da vacina.

Com a redução no número de doses doadas (em 2015 foram gratuitas para até 30 animais), torna-se fundamental a conscientização dos produtores sobre a importância de realizar a imunização do rebanho.

“A vacinação contra a aftosa é um compromisso do setor privado, sempre foi”, afirma o presidente do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa), Rogério Kerber.

Para ele, toda a sociedade precisa compreender o momento que vive o estado.

“A falta de recursos é concreta e afeta outras áreas importantes da vida da sociedade como as vacinas para as pessoas, os salários dos servidores públicos, e as condições de segurança. Temos que ter esta compreensão, como cidadãos.”

O presidente do Fundesa salienta ainda que, independentemente de doses doadas, o Rio Grande do Sul precisa garantir um alto índice vacinal.

“Além de realizar uma vacinação de qualidade, os produtores podem contribuir com a sanidade do rebanho notificando suspeitas e atuando em conjunto com a serviço oficial”, explica Kerber.

Fonte:Adelar Gonçalves/Dep. Jornalismo e Thais d'Avila - Assessoria de Imprensa - Fundesa

Compartilhar

facebook twiter google plus linkedin

Comente este post!